terça-feira, 7 de outubro de 2014

Alarvice ou PDI?

Pois não sei o que se passa, mas ultimamente volta não volta estou a dar com os "costados" no chão!!... Não faço ideia se isso tem a ver com a alarvice enraizada no MBT; ou se simplesmente a PDI chegou e eu não dei por isso. Em qualquer dos casos tem sido quase uma atracção fatal que tenho desenvolvido com os pavimentos irregulares dos trilhos. O último foi no Monsanto, essa Meca de trilhos aqui no coração da capital, onde volta não volta me deparo com um percurso novo. Foi na segunda passagem (dito assim parece mais profissional) e já com conhecimento de causa que me aventurei pela single track recém descoberta e prometedora. Lancei-me como se não houvesse amanhã, talvez a imaginar que o corcel em que seguia era um topo de gama, roda 29 com frame em carbono e equipado com X1, em vez de uma rígida em alumínio entrada de gama, com SRAM 8!... Ok! A suspensão dianteira também já encomendou a "alma ao criador", mas nada faria adivinhar que isso seria razão para não a segurar na curva e, qual moto GP sair-me debaixo do "rabo" quando devia curvar, e deitar-se barranco a baixo no manto de verdura, deixando a terra do trilho como cama para a minha aterrizagem... Resultado; o antebraço direito todo escalavrado! Posso agora tentar ser figurante da série «Walking Dead», que a produção poupa na maquilhagem!...

Sem comentários:

Enviar um comentário